Pedro Correia - Festival Chorus Master

Pedro Correia - Festival Chorus MasterPedro Correia nasceu em 1974 no Entroncamento.  Aos 8 anos de idade inicia os seus estudos de Órgão e Teoria Musical.  Frequentou a Licenciatura em Engenharia Mecatrónica no ISTP.

Depois de ingressar em 1991 na Escola de Música de Santarém em Saxofone, entra no Conservatório Nacional de Lisboa para a classe de canto de Elsa Saque em 1997, e termina na classe de Filomena Amaro com a classificação máxima. Tem uma Licenciatura em Canto pela Escola Superior de Música de Lisboa nas classes de Elsa Saque e Luís Madureira.  Estudou em Master-Classes em Portugal com Liliana Bizineche, e em Andorra com Montserrat Caballè.

É membro do Coro Gulbenkian desde 1998, e integrou o Coro do Teatro Nacional de S. Carlos de 1999 a 2004.

A sua estreia em palco como solista lírico ocorreu em 2001 com Bartolo (Le Nozze di Fígaro) de Mozart no Teatro da Trindade, e Ceprano ( Rigoletto) de Verdi, no Teatro Camões.  Gravou um recital para a RDP-Antena2 no âmbito do programa "Os Jovens na Música".  Colabora regularmente com o Real Theatro de Queluz, com a Companhia Portuguesa de Ópera, com O Ginásio Ópera e com variadas empresas produtoras de espectáculos.

Como solista lírico destaca-se do seu repertório D. Bartolo ( Il Barbiere di Siviglia) de Rossini, Colline ( La Bohème) de Puccini, Papageno ( Die Zauberflöte) de Mozart, D.Pasquale (Don Pasquale) de Donizetti, Messiah de Handel, Requiem de Mozart, Stabat Mater e Requiem de Dvořák, Requiem de Verdi, L'enfance du Christ de Berlioz, Requiem de Bomtempo, Messa di Gloria de Puccini, Requiem de Faurè, sob a direcção de Zoltan Pesko, Harry Christophers, Donatto Renzetti, Brian Shembri, Chistopher Bochman, Ivo Cruz, Ferreira Lobo, Armando Vidal, entre outros, e com a Orquestra Sinfónica Portuguesa, Orquestra Metropolitana de Lisboa, Orquestra do Norte, Orquestra Filarmonia das Beiras, entre outras, ao lado das mais prestigiadas figuras da lírica nacional.

No Teatro Nacional de S. Carlos cantou Lakai (Ariadne auf Naxos) de Richard Strauss, e O Nariz de Dmitri Shostakovitch., e em versão concerto Tristão e Isolda de Wagner, e Capriccio de Richard Strauss.  Sob a direcção de João Paulo Santos cantou Neues von Tage de Paul Hindemith, Le Vin Herbè de Frank Martin e Le Pauvre Matelot de Darius Milhaud.  No Concurso Nacional de Canto Luísa Todi foi premiado com duas Menções Honrosas nos anos de 2003 e 2005.

Com vasta experiência em leccionar a arte da Música desde os dezasseis anos, passou por variadas escolas de música, sendo a destacar o Lugar da Música, em Lisboa, o Conservatório Regional da Golegã e o Conservatório SF Gualdim Pais em Tomar, onde lecciona as disciplinas de Canto e Coro.

Completou o Curso de Direcção Coral do Choral Phydellius.  Tendo dirigido pontualmente vários grupos corais em Portugal e no estrangeiro, é Director Artístico e Maestro do Grupo Coral de Tancos desde 1995, com o qual já participou em mais de 160 concertos.

Fundou em Outubro de 2011 em Tomar na SF Gualdim Pais o Prisma Choral Ensemble, um Coro de Câmara que pretende romper novos horizontes na música coral moderna.

Desde 2002 é Artista Convidado da produtora de espectáculos By the Music, com a qual participou nos CD's Noites de Ópera em Lisboa e no trabalho original de Yolanda Soares Music Box Fado em Concerto.

Nesta produtora actua em cerca de 30 espectáculos por ano em Portugal e no estrangeiro, destacando-se os concertos Ópera Viva, Ópera e Napolitanas, Ópera Rock, BelCanto Latino e Canto Lusitano.